28 de Março de 2017 às 10:14

Municípios têm até abril para responder questionários do IEGM

TCE-PI inicia aplicação de questionários do IEGM

Autor: Ascom APPM( ascom@appm.org.br ) Fonte: Ascom TCE-PI Imprimir

O Tribunal de Contas do Piauí aplicará entre os dias 03/03/2017 e 30/04/2017 questionários de Índice de Efetividade da Gestão Municipal – IEGM para avaliar os municípios do Estado, relativos ao exercício de 2016. O índice foi criado com o intuito de modernizar e tornar eficientes e efetivos os serviços públicos, de modo a acompanhar a evolução das necessidades sociais. 

Neste ano o envio do questionário IEGM é obrigatório. A Associação Piauiense de Municípios (APPM) está mobilizando os gestores municipais, prefeitos, controladores, secretários, através de avisos, ofícios, contato direto, para o correto preenchimento dos questionários. 

O acesso aos formulários eletrônicos é realizado por meio de uma chave especial, enviada aos responsáveis cadastrados e cabe aos gestores municipais designar os responsáveis de cada formulário por meio do endereço https://www.tce.pi.gov.br/iegm/usuarios. Leia o Manual de Criação de Chaves neste link para mais informações.

SOBRE O IEGM

O IEGM é composto pela combinação dos dados governamentais, dados de prestação de contas e informações levantadas a partir de questionários preenchidos pelas Prefeituras Municipais e avaliará a qualidade de gastos, as políticas e atividades municipais, estabelecendo visões da gestão para 7 (sete) dimensões da execução do orçamento público, selecionadas a partir de sua posição estratégica no contexto das finanças públicas, a saber: Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Cidades Protegidas e Governança em Tecnologia da Informação.

Os objetivos do índice são compor a consolidação do IEGM Brasil relativo ao exercício de 2016, oportunizar aos gestores a correção de rumos, reavaliação de prioridades e consolidação do seu planejamento, contribuir para a transparência e aprimoramento da gestão pública, melhorar a sistemática de acompanhamento e avaliação das políticas públicas, alcançar eficácia e efetividade nas ações de controle externo e fortalecer o controle social. 

Deixe um comentário