(86) 2107-7900 / 2107-7919      

Selo Unicef: NUCA promove palestra sobre alimentação saudável em Oeiras

Alimentação Saudável. Este foi o tema da ação de mobilização social promovida pelo Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), na manhã do último sábado, 29, na Praça da Juventude, em Oeiras. Direcionada para crianças e jovens do NUCA e do projeto Pelotão Mirim, a palestra foi ministrada pela nutricionista Lélia Ibiapino, que deu apontamentos sobre alimentação saudável, prevenção de doenças como hipertensão e obesidade e promoção da qualidade de vida.

O NUCA é um espaço de discussão sobre temas relacionados às crianças e adolescentes, com o objetivo de apoiá-los no desenvolvimento de suas competências e de contribuir para fortalecer sua capacidade de incidir nas políticas públicas. O Núcleo se consolida também como uma importante etapa para que Oeiras conquiste a aprovação do Selo UNICEF edição 2017/2020.

O mobilizador do Jovens e Adolescentes de Oeiras, Santiago Borges, explica que a atividade faz parte dos desafios propostos pelo Selo UNICEF. “Este momento foi pensado para passar aos jovens do NUCA e do Pelotão Mirim ensinamentos sobre educação alimentar, que é muito importante para nossa vida e bem-estar”, comenta Santiago Borges.

Além dos integrantes do NUCA e do projeto Pelotão, a ação de mobilização social contou com a participação da professora Inez Martins, articuladora do Selo UNICEF em Oeiras; Ádylla Brito, presidente do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescentes (CMDCA); da policial militar Tamires Carvalho; do profissional de Educação Física, Wébert Ricelles, e do coordenador de Juventude da Secretaria Municipal de Juventude, Antônio Avelino.

Na sexta-feira, 28, os integrantes do NUCA estiveram reunidos no auditório da Secretaria municipal de Educação (Semed). Na ocasião, o mobilizador de Jovens e Adolescentes de Oeiras, em conjunto com o grupo, debateu conceitos importantes sobre alimentação saudável e discutiram a realização da mobilização social com a comunidade sobre o tema debatido.

Fonte: Ascom.