(86) 2107-7900 / 2107-7919      

Iniciado prazo para preenchimento do Censo Suas

Começou nesta segunda-feira (10) o prazo para preenchimento do Censo do Sistema Único de Assistência Social (Censo Suas). Nesta primeira etapa, que vai até o dia 9 de novembro, é necessário que gestores municipais e estaduais cadastrem as informações sobre os Centros de Convivência e os Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

A partir de 24 de setembro, inicia-se o período para repassar as informações sobre os Centros Especializados de Assistência Social (Creas) e dos Centros de Atendimento à População de Rua (Centros Pop). O levantamento é realizado todos os anos pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

No Censo Suas, gestores, coordenadores e conselheiros da área preenchem dados relacionados à gestão e financiamento das ações, aos equipamentos, recursos humanos, serviços e à participação social das unidades públicas e da rede privada de Assistência Social. O formulário do levantamento está disponível no portal www.mds.gov.br, na aba Assistência Social.

Segundo o diretor de Gestão do Suas do MDS, Allan Camello, o preenchimento dos questionários é um importante instrumento de apoio para estados e municípios no planejamento e na gestão das políticas sociais.  “As informações nos permitem um diagnóstico completo no âmbito da Assistência Social, sendo a base de todo o processo de monitoramento das ações. A partir do censo, geramos indicadores e atualizações de sistemas, além de ser uma importante fonte para a tomada de decisões da política pública”, explica.

Allan Camello destaca ainda que o levantamento também embasa repasses e pagamentos, como no caso do cálculo do Índice de Gestão Descentralizada (IGD). O preenchimento do questionário é feito exclusivamente por gestores estaduais, municipais e conselheiros que vão fornecer informações sobre os serviços e atividades prestadas nas unidades da Assistência Social, além do perfil dos trabalhadores da área.

As dúvidas sobre o Censo Suas 2018 podem ser esclarecidas pelo telefone 0800-707-2003 ou pelo e-mail vigilanciasocial@mds.gov.br.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social