(86) 2107-7900 / 2107-7919      

APPM participa de Solenidade de Outorga da Ordem Estadual Centenário Alberto Tavares e Silva

Em homenagem ao centenário de um dos nomes mais importantes da política piauiense, o governador Wellington Dias condecorou, nesta quinta-feira (8), 45 personalidades piauienses com a Medalha da Ordem Estadual Centenário Alberto Tavares e Silva.

Dentre os homenageados, políticos, empresários, jornalistas, engenheiros e pessoas que colaboraram com a atuação de Alberto Silva pelo desenvolvimento do Piauí.

A viúva de Alberto Silva, Florisa de Mello Tavares Silva, foi representada pela filha do casal, Suzana Silva.

Para o governador Wellington Dias, Alberto Silva era um homem além do seu tempo e pensava um Piauí desenvolvido. "Estou muito feliz. O Piauí inteiro, tanto quem fez oposição ao Dr. Alberto Silva, ou quem trabalhou com ele, reconhece o importante papel que ele teve. Era uma pessoa muito além do seu tempo, ou seja, uma pessoa que tinha um conhecimento profundo sobre o Estado. Era ousado. Ela não só realizada grandes obras, mas tinha uma visão de Piauí desenvolvido. Muitas pessoas se inspiraram nessa ideia e eu sou parte dessa geração. Tive o privilégio de conviver com ele em vários momentos. Mais que eleitores, ele tinha fãs", afirmou o governador.

Na solenidade, o vice-presidente da APPM e prefeito de Água Branca, Jonas Moura, representa a entidade municipalista e destaca a importância de tão importante reconhecimento. “É com muita alegria que representamos a APPM em tão representativa solenidade, que simboliza o centenário de um homem público que viveu à frente do seu tempo e tão bem representou o Piauí e os piauienses. A memória de Alberto Silva merece nosso reconhecimento e nosso louvor”, conclui Jonas Moura.

O senador eleito Marcelo Castro, um dos homenageados, definiu o governo de Alberto Silva como histórico para o Estado. "É uma honra ser homenageado com esta medalha. Alberto Silva era um dos homens públicos mais brilhantes e que mais realizaram pelo estado do Piauí. Ele foi nomeado governador no início da década de 70 e fez um governo revolucionário. Foi um marco no desenvolvimento e muito de onde estamos devemos a ele", disse.

Alberto Tavares e Silva, nasceu no município de Parnaíba, em 10 de novembro de 1918 e faleceu no ano de 2009, em Brasília.

Confira lista de homenageados:

1. Academia Piauiense de Letras

2. Alcenor Barbosa de Almeida

3. Amadeu Campos de Carvalho Filho

4. Antônio de Pádua Franco Ramos

5. Antônio Fonseca dos Santos Neto

6. Antônio Luíz Cronemberger Sobral

7. Armando Madeira Basto – “Post Mortem”

8. Bertolino Marinho Madeira Campos

9. Cid de Castro Dias

10. Ciro Nogueira Lima – “Post Mortem”

11. Cláudia Cristina da Silva Fontineles

12. Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí – CREA-PI

13. Constantino Pereira de Sousa – “Post Mortem”

14. Darcy Fontenelle de Araújo – “Post Mortem”

15. Elvira Mendes Raulino de Oliveira

16. Firmino da Silveira Soares Filho

17. Florisa de Mello Tavares Silva

18. Francílio Ribeiro de Almeida – “Post Mortem”

19. Francisco Tomaz Teixeira

20. Heitor Castelo Branco Filho

21. Iran Mendes do Nascimento

22. Jesus Elias Tajra

23. João Cláudio da Silva Moreno

24. João Henrique de Almeida Sousa

25. João Paulo dos Reis Velloso

26. João Tavares Silva Filho – “Post Mortem”

27. João Vicente de Macêdo Claudino

28. Joel da Silva Ribeiro

29. José Antenor Castro Neiva – “Post Mortem”

30. José de Arimatéia Azevedo

31. José Elias Tajra

32. Kenard Kruel Fagundes dos Santos

33. Lourival Sales Parente

34. Lucídio Portela Nunes – “Post Mortem”

35. Luiz Ayrton Santos

36. Manoel Lopes Veloso – “Post Mortem”

37. Marcelo Costa e Castro

38. Marco Antônio Ayres Corrêa Lima

39. Murilo Ferreira de Rezende

40. Norbelino Lira de Carvalho

41. Raimundo Wall Ferraz – “Post Mortem”

42. Romildo Macêdo Mafra

43. Severo Maria Eulálio – “Post Mortem”

44. Valdenor Pinheiro Silva

45. Zózimo Tavares Mendes

 

Com imagens de Jarbas Santana, Wilson Filho e Marcelo Cardoso.